Boa Viagem pelo nosso site!

ACESSO RESTRITO Esqueci a Senha Cadastre-se
Trilha Cultural - Turismo e Entretenimento
Fechar
Trilha Cultural - Turismo e Entretenimento
NOTÍCIAS veja mais
SÃO PAULO TRIP – Concert Series vai fazer a cidade tremer Em...
Veja mais »
Lovely Little Lonely, o novo álbum do The Maine
Veja mais »
Inglês para viagem: na hora do passeio
Veja mais »
NEWSLETTER

Mantenha-se informado com nossas novidades em seu email!

Booking.com
ENTREVISTAS

Entrevistas > Entrevista com a Banda Isoldina

Compartilhe
| | Indique para um Amigo

19/08/2010

Entrevista com a Banda Isoldina






Banda Isoldina - Entrevista ExclusivaHá três anos, cinco músicos mineiros se juntaram para compartilhar o objetivo de levar alegria para o público a partir da música.  Trata-se da banda Isoldina, formada por Aléxis Vidal (vocalista), André Nascimento (vocalista), Rafael Araújo (guitarrista), Xand (guitarrista) e Rudigo (baterista). Com pouco tempo de estrada, o grupo ganhou os palcos, realizando shows em diversas cidades do interior de Minas e outros estados como Pernambuco, São Paulo e Rio de Janeiro.

O primeiro disco, “Cardápio”, chegou rapidamente às principais rádios mineiras, emplacando hits autorais como “Desculpe”, “Primavera”, “Lembranças” e “Sophia”. O grupo venceu o “Mete a cara 2010 do Domingão do Faustão” e foi o segundo mais votado no concurso “Combate Pop Rock Brasil 2008”. No currículo, tem apresentações com nomes memoráveis da música brasileira como Vander Lee, Podé e Maurinho (Tianastácia).

Além de disseminar sua música, a Isoldina está constantemente engajada com projetos de responsabilidade social e de incentivo ao turismo e a cultura, por meio de parcerias a projetos de órgãos públicos e instituições. Dentre as ações mais recentes está a 8ª Campanha da Inclusão Digital do Governo Federal.

Para conhecer mais o trabalho dessa banda que definitivamente entrou para a cena da música mineira, o Trilha Cultural conversou com o vocalista Alexis Vidal. Confira!

Quando e como surgiu a banda? Fale um pouco da história do grupo. 
Isoldina: Há 3 anos e 4 meses. A banda surgiu a partir da idéia de criar músicas autorais e sentir as pessoas compartilhando a positividade, ou seja, o lado bom da vida através da música. Claro, soma-se a isso um senso de responsabilidade e uma ótica sobre a realidade.

Por que o nome Isoldina?  
Isoldina: Bem, gostaríamos que a banda tivesse um nome que despertasse a curiosidade, funcionasse bem como marketing e que também fosse uma homenagem, ISOLDINA possui esses três itens e tem um brilho ainda mais especial, pois é uma historia contada por uma mãe ao filho.

Quais as principais referências musicais da banda?
Isoldina: Rock nacional de forma geral e uma pitada de Britpop.

O que acha da qualidade da atual música brasileira?
Isoldina: A música nacional é incrível. Só devemos ter consciência que existe música para dançar e música para ouvir. Então, olhando por esse lado, podemos apreciar a nossa diversidade de sons numa boa.

Admira algum cantor brasileiro?
Isoldina: Vamos resumir em dois: Renato Russo e Samuel Rosa.

Tem o hábito de ouvir outras bandas? Quais?
Isoldina: Sim, um tanto, principalmente coldplay, Los Hermanos e Skank.

Como fazem para aperfeiçoar o trabalho da banda?
Isoldina: Ensaios e aulas musicais.

Qual a mensagem da banda para o público? De que falam as letras das músicas?
Isoldina: Da realidade que vai desde o amor ate o conflito social. Nossa mensagem se resume em não tenha medo de ser feliz.
 
Como foi o processo de criação do primeiro CD, Cardápio Abstrato?
Isoldina: Juntamos o nosso material e fomos acrescentando e atualizando principalmente as letras. Foi um trabalho árduo, mas muito prazeroso.

Em sua opinião, como está o mercado da música independente em Minas Gerais? O que melhorou? Quais as dificuldades ainda enfrentadas?
Isoldina: Esta cada vez melhor e o publico tem aumentado bastante. A maior dificuldade é que talvez esse mesmo público tenha uma certa dificuldade para aceitar o novo e isso impede um pouco a execução de músicas autorais.

Vocês estão em todos os canais de divulgação na internet (Twitter, Facebook, Orkut, Mysapce, YouTube). Como a internet contribui para a divulgação do trabalho da banda? Quais os pontos positivos e negativos?
Isoldina: Olha, usando a internet, nosso trabalho pode circular por todo o mundo. Então, não consigo ver nada de negativo em algo que promove o nosso som.

Quais os projetos da banda para os próximos anos (novos trabalhos, carreira nacional, etc)?
Isoldina: Disco novo, site novo e vamos fazer com que nosso trabalho avance em direções pelas quais ele ainda não foi.

Qual a importância de artistas realizarem trabalhos sociais?
Isoldina: Olha, temos uma preocupação muito grande com esse lado social e temos que dar um exemplo benéfico para quem nos admira. Claro que todos podem contribuir, mas cabe ao artista promover esse tipo de ação para que com isso os seus fãs possam seguir o exemplo e ajudar ao próximo.

Isoldina - Perfil

Nome, idade e profissão:
  
Alexis Vidal, Idade? Depende do dia, varia de 8 a 800 anos. Gestor em RH e Musico.

Cor preferida:  A dos olhos de quem fala comigo.

Gosta de cozinhar: Claro, cozinhar é um ato de amor.

Prato preferido: Strogonoff.

Restaurante preferido: Xapuri.

Lazer: Ler, assistir filmes e jogar vídeo-game.

Lugar para viajar: Por todo o interior de Minas.

O que não pode faltar em uma viagem:  Uma boa companhia.  

Lugar que deseja conhecer: Grécia.

Livro: O caçador de pipas.

Cantor: Vou citar alguns: Rodrigo Amarante, Chris Martin, Renato Russo, Cazuza etc...
 
Ator: Impossível citar apenas um, então vou citar três: Robert Downey Jr, Will Smith e Denzel Washington.

Filme: Amor além da vida.


Acesse o site da banda Isoldina: www.isoldina.com.br

Twitter: @isoldinaoficial

Para sugerir uma entrevista com sua banda ou artista favorito, cadastre-se agora mesmo no site e faça a sugestão na sua página pessoal.

Comentários

PUBLICIDADE


FACEBOOK

@trilhacultural
© Copyright - Todos os direitos reservados